Almoço em Paris: Uma história de amor com receitas

Coluna Livro & Viagem

almoço_em_paris_foto2

PorClariceMenezes

Resenha

Almoço em Paris: uma história de amor com receitas

Parece que a fórmula história de amor com deliciosas receitas deu certo e veio para ficar. Almoço em Paris é o romance autobiográfico da jornalista Elizabeth Bard, uma americana judia que conhece num fim de semana em Paris, Gwendal, um francês de origem marroquina. A partir desse encontro sua vida nunca mais foi a mesma.

Bard abre mão de seu emprego em uma biblioteca em Londres, onde residia, muda-se para Paris e decide morar com Gwendal. O romance multicultural se desenvolve e passa por imbróglios que têm como pano de fundo a culinária francesa. Acostumada com a cultura fast-food de Nova York, onde come-se a qualquer hora, em qualquer lugar ou até mesmo caminhando, Elizabeth percebe que para os franceses, comer é um ato de celebração. A jornalista, então, mergulha fundo nos costumes parisienses e percorre caminhos que vão além das belas receitas apresentadas no final de cada capítulo.

Um aspecto da narrativa que me deixou muito entusiasmada foi o fato de que a personagem navega todo o tempo entre as duas culturas, seja através da culinária, dos costumes ou mesmo pela maneira francesa de levar a vida. Bard observa, por exemplo, que na França “as pessoas geralmente demonstram seu poder dizendo não e, nos Estados Unidos, as pessoas demonstram seu poder pela capacidade de dizer sim”. No entanto, o choque entre as diferentes realidades não afeta só Elizabeth, Gwendal também se esforça para promover suas transformações pessoais e manter o relacionamento firme e forte.

Esses e outros conflitos aparecem ao longo da narrativa revelando que construir uma vida nova em outro país é mais complexo do que se imagina, mas não é impossível.

Se você é daqueles que já adora Paris, vai se deliciar com o livro, mas, se é daqueles que ainda não escolheu o seu próximo destino de viagem, Almoço em Paris: uma história de amor com receitas, vai lhe dar um empurrãozinho. Afinal, é quase impossível resistir aos encantos da Cidade Luz. O livro é uma ótima pedida!

Boa leitura e bon voyage!

Até o próximo post!

BARD, Elizabeth. Almoço em Paris: uma história de amor.  Rio de Janeiro : Leblon, 2011.

Para seguir a continuação da aventura, Elizabeth Bard está com o novo romance Picnic in Provence, mas o livro ainda não traduzido pela editora.

Picnic-in-Provence1

 

Anúncios

Coluna do Amigo: As cidades francesas sob as lentes de Arigio André Sousa ‒ breves impressões de um morador temporário

Por Arigio André Sousa

Tive a oportunidade de viver na França por mais de dois anos. É um país maravilhoso, sobretudo pelo turismo. Gostei demais! Minha adaptação foi bem rápida. Nos fins de semana pegava a estrada! Apesar de Paris ser de imperiosa visita para o turista, prefiro o interior, a zona rural e as cidades litorâneas. Inicialmente abordarei as praias da Baixa Normandia. Locais onde ocorreu a operação Overlord, no famoso dia D, em 06 de junho de 1944.

Operação Overlord - 1944
Operação Overlord – 1944
Normandia, França - 2012
Normandia, França – 2012

Nunca imaginei conhecer as praias da Normandia. Não gosto de guerra. Sou um pacifista declarado. Contudo, ao andar naquelas areias, não há como não sentir emoção, mesmo não tendo a capacidade de defini-la. Senti um profundo pesar pelos milhares de soldados mortos. Creio que a maioria preferia não ter estado ali. E isso também se aplica aos soldados nazistas, pois caso fugissem do recrutamento obrigatório, eram executados. Na primeira praia que visitei, Utah Beach, voltei mentalmente até 1944. Num momento de extrema paz e tranquilidade, sozinho na praia, minha mente me colocou naquele inferno…que certamente estamos longe de imaginar a precisa desgraça. Fiz uma breve oração. Compreendi a extrema importância da história, para que aumentemos nossas chances de evitarmos a ocorrência de guerras.

Utah Beach - Normandia - 2012
Utah Beach – Normandia – 2012
Utah Beach - Normandia - 2012
Utah Beach – Normandia – 2012
Utah Beach - Normandia, França - 2012
Utah Beach – Normandia, França – 2012
Omaha Beach - Normandia - 2012
Omaha Beach – Normandia – 2012
Omaha Beach - Entrada do bunker alemão, wn62 - Normandia - 2012
Omaha Beach – Entrada do bunker alemão, wn62 – Normandia – 2012
Omaha Beach - Cemitério Americano - Normandia/França - 2012
Omaha Beach – Cemitério Americano – Normandia/França – 2012
Omaha Beach - Cemitério Americano - Normandia/França - 2012
Omaha Beach – Cemitério Americano – Normandia/França – 2012
La Cambe - Cemitério Alemão - Normandia/França - 2012
La Cambe – Cemitério Alemão – Normandia/França – 2012
La Cambe - Cemitério Alemão - Normandia/França - 2012
La Cambe – Cemitério Alemão – Normandia/França – 2012

E por fim, um vídeo que retrata todos esses locais, numa perspectiva positiva daquela região. Na ponte que aparece ao fim – lindíssima, passei inúmeras vezes… ela separa a Alta Normandia da Baixa Normandia.

Parabenizo minha amiga Clarissa por seu belíssimo trabalho, e agradeço a agradável oportunidade de dividir a maravilhosa experiência com vocês.

Boa leitura e bon voyage!

arígio andré sousa